• Precisa de ajuda para encontrar algum conteúdo?

António Apolinário Lourenço

António Apolinário Lourenço

Antnio Apolinrio Loureno

 

António Apolinário Lourenço é professor de literatura na Universidade de Coimbra, onde coordena a área de Estudos Espanhóis. Integra a Comissão Executiva do Centro de Literatura Portuguesa da mesma universidade. É autor ou editor de vários livros publicados em Portugal e Espanha, entre os quais uma História da Literatura Espanhola (1994, em colaboração com Eloísa Álvarez), uma Historia de la Literatura Portuguesa (2000, coeditor, com José Luis Gavilanes), Identidade e alteridade em Fernando Pessoa e Antonio Machado (1995), Eça de Queirós e o Naturalismo na Península Ibérica (2005), Estudos de literatura comparada luso-espanhola (2005), Fernando Pessoa (2009), Guia de leitura. Mensagem de Fernando Pessoa (2011), Literatura, Espaço, Cartografias (2011, coeditor, com Osvaldo Manuel Silvestre), Poderes y Autoridades en el Siglo de Oro: Realidad y Representación (2012, coeditor com Jesús M. Usunáriz), O Século do Romance. Realismo e Naturalismo na Ficção Oitocentista (2013, coeditor com Maria Helena Santana e Maria João Simões) e O Modernismo, 8.º volume da História Crítica da Literatura Portuguesa, em colaboração com Carlos Reis (2015). Foi igualmente responsável por edições comentadas e anotadas de ou sobre autores como Fernando Pessoa, Eça de Queirós e Alfredo Guisado. As suas áreas de investigação privilegiadas são o Realismo e o Naturalismo espanhol e português, o Modernismo e os estudos comparados no espaço ibérico

 

Verbetes:

Sebastão Pires de Castro Noronha (O Barão de Lavos);

Isabel Moscoso Penalva (Fatal Dilema);

Jacinto (A Cidade e as Serras);

Zé Fernandes (A Cidade e as Serras).