• Precisa de ajuda para encontrar algum conteúdo?

Inês Fonseca Marques

Inês Fonseca Marques

 23846016 2102891639724777 5944903179391292104 o

 

 

Inês Fonseca Marques é doutoranda em Ciências da Comunicação na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, encontrando-se a desenvolver a tese “Narrativas do jornalismo português: a cobertura da morte de grandes figuras”, orientada por Ana Teresa Peixinho e Carlos Reis e financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (SFRH/BD/114843/2016). Mestre em Comunicação e Jornalismo pela mesma faculdade, onde apresentou, em 2016, a dissertação “A construção da personagem nas narrativas do jornalismo digital”.

É investigadora colaboradora do Grupo de Investigação “Figuras da Ficção, do Centro de Literatura Portuguesa, e do Grupo de Investigação em Comunicação, Jornalismo e Espaço Público, do Centro de Estudos Interdisciplinares de Século XX, ambos da Universidade de Coimbra.

Tem dedicado a sua investigação ao cruzamento dos Estudos Narrativos com as Ciências da Comunicação, focando-se, principalmente, nas questões da personagem jornalística e nas alterações formais da narrativa jornalística, em consequência do ambiente digital. Deste modo, tem participado em congressos de ambas as áreas, tendo apresentado, recentemente, as comunicações “As mortes de Humberto Delgado e Salazar no Diário de Notícias: para um estudo da narrativa jornalística” (2018); “Personagens no jornalismo: a cobertura da morte de Mário Soares no Diário de Notícias e no Observador” (2017); “Narrativas do jornalismo digital: a cobertura da morte de Mário Soares no Diário de Notícias e no Observador” (2017). É autora do capítulo “O ambiente digital como terreno fértil para a construção da personagem jornalística”, publicado em 2017 no livro Trajetos da narratividade, coordenado por Filipe Martins.

 

Verbetes:

Hermengarda (Eurico, o Presbítero)